Home

CPRH participa de debate sobre o desmonte do Sisnama

“Em tempos de desmonte do Sisnama, como fortalecer a governança ambiental?” é o tema central do debate virtual, a ser realizado nesta terça-feira (2), numa realização conjunta entre a Secretaria de Meio ambiente e Sustentabilidade (Semas) e a Agência Estadual de Meio  Ambiente (CPRH).  O encontro, realizado por meio de videoconferência, faz parte das comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho.

O debate tem abertura do presidente da Agência CPRH, Djalma Paes, e contará com a participação de Márcia Telles, diretora geral do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), da Bahia, de Carlos Ribeiro, representante Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma) - Bioma Caatinga; de Hélvio Polito, presidente da Comissão de Direito Urbanístico da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/PE) e de Paulo Henrique Camarotti (mediador), diretor e técnico ambiental da CPRH.

Durante o encontro os especialistas vão abordar o assunto sobre as diferentes perspectivas em relação aos desafios postos pelo enfraquecimento das plataformas nacionais nessa área. A live faz parte da programação do mês do Meio Ambiente e será realizada às 16h, com transmissão por meio das redes sociais da Semas e da CPRH. Para participar, basta acessar os seguintes endereços: facebook.com/semas pe; facebook.com/cprhpe; youtube.com/semaspernambuco e youtube.com/cprh_comunicacao.

Programação Cultural- Nesta terça-feira, a programação continua com a apresentação da escritora e ambientalista Cida Pedrosa. A performance da escritora será por meio do  “Recitá para a Natureza”. O evento será transmitido às 17h30, pelo Instagram da Semas. 

Comunidades tradicionais- Amanhã (3), a programação será voltada para os problemas enfrentados pelas comunidades tradicionais. Com o tema “Políticas, práticas sustentáveis e vulnerabilidades no contexto das comunidades tradicionais”, assunto será abordado por Inamara Mélo (mediadora), secretária executiva da Semas, Thiago Lima, presidente do Conselho Estadual de Educação Indígena e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Marina Lima, doutora em engenharia agrícola pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), além do indigenista e integrante do Conselho Indigenista Missionário (CIMI-NE), José Karajá.