Home

CPRH entrega Prêmio Vasconcelos Sobrinho

CPRH entrega Prêmio Vasconcelos Sobrinho
 
 
O Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), homenageia hoje (16) os vencedores do Prêmio Vasconcelos Sobrinho,  na sua 30ª edição. A cerimônia de entrega será logo mais, às 15h30, no auditório do Cais do Sertão, na  Av. Alfredo Lisboa, no bairro do Recife.
 
"É um prazer conhecermos e homenagearmos  os trabalhos de pessoas físicas e jurídicas que se destacam na defesa do meio ambiente.  E, este ano, a data de entrega do Prêmio coincidiu com o aniversário de criação da CPRH, que completa 43 anos", comemorou o diretor-presidente da CPRH, Djalma Paes. Nesta edição, o Prêmio contou com sete categorias e teve como novidade a premiação em dinheiro - R$ 3 mil para o primeiro colocado de cada categoria - além do troféu confeccionado pelo  artista plástico pernambucano,Alexandre  Almeida
 
Criado no ano de 1990, o Prêmio, que tem como objetivo divulgar as boas práticas na área ambiental, traz o nome do pernambucano João Vasconcelos Sobrinho (1908-1989), um dos pioneiros na área de estudos ambientais no Brasil.
 
Conheça os primeiros colocados em cada uma das categorias do Prêmio Vasconcelos Sobrinho 2019.
 
Categoria: Bem-estar Animal
 
1° lugar
Pedro de Assis de Oliveira
Projeto: Bem-estar animal
2° lugar
Ariene Cristina Dias Guimarães Bassoli
Programa Adote um Vira-Lata
3° lugar
Goretti Queiroz
Projeto: SOS Cavalos
 
Categoria: Inovação Tecnológica
 
1° lugar
Projeto: Bichos da Caatinga - Tecnologia gerando atitude
Responsável: Bruno Bezerra de Souza Pereira
2° lugar
Projeto: Dispositivo de exclusão de fauna acompanhante em redes de arrasto para camarão (DEFA)
Responsável: Vanildo Souza de Oliveira
3° lugar
Portal de Zoologia de Pernambuco
Responsável: Filipe Martins Aléssio
  
Categoria: Pesquisa Ambiental
 
1° lugar
Projeto: Ecologia e conservação de crocodilianos na Mata Atlântica de Pernambuco - Projeto Jacaré /UFRPE
Responsável: Jozélia Maria de Sousa Correia
2° lugar
Monitoramento participativo de micro-organismos em policultivos de transição agroecológica no assentamento Chico Mendes III: uma aproximação do conhecimento científico e o conhecimentos dos agricultores
Responsável:  Patrícia Vieira Tiago
3° lugar
Caracterização polifásica de fungos isolados de substratos relacionados à melípona scutellaris (apidae meliponini) no ambiente de colmeias racionais.
Responsável: Renan do Nascimento Barbosa
  
Categoria: Projetos e Práticas Educacionais Ensino Fundamental I, II e Médio
 
1° lugar
Projeto: Bens ecoturísticos como instrumentos de Educação ambiental na articulação pelo desenvolvimento sustentável em São José do Egito/PE
Responsável: Alex Bruno da Silva Farias
2° lugar
Horta em casa
Responsável: Fabiane Torres Vilela
3° lugar
Conhecendo os Animais Peçonhentos
Responsável:Felipe Edvaldo da Silva
 
Categoria: Destaque Municipal
 
1° lugar
Projeto: Plano de gestão dos Jardins Históricos de Burle Marx em Recife
Responsável: Janaína de Oliveira Granja,
2° lugar
Restingas de Igarassu
Responsável: Gilmar Gonçalves da Silva
3° lugar
Sala Verde -  Serra Talhada Sustentável
Responsável: Ronaldo Timóteo de Melo Filho
 
Categoria: Destaque  Imprensa
 
1° lugar
Reportagem Especial Nova Rotação (Jornal do Comércio)
Jornalista: Roberta Soares
2° lugar
#OxeRecife  - Blog com foco grande para as questões do meio ambiente. (oxerecife.com.br)
Jornalista:Letícia Lins
3° lugar
Desmatamento está no debate do País
Equipe jornalística: Renata Monteiro, Mirella Araújo e Eduarda Bravo
 
Categoria: Personalidade do Meio Ambiente
 
1° lugar
João Luiz Aleixo da Silva (Lula do Mel)- é natural de Caruaru (PE) e é o idealizador do Solar das Abelhas - Centro de Educação Ambiental de referência sobre abelhas e meio ambiente em Pernambuco (sede em Caruaru)
2° lugar
José dos Santos Semente (in memoriam)
José dos Santos Semente, natural de Recife (PE), nasceu em 27/02/1948.
José Semente era professor da rede pública, ativista das causas comunitária e ambiental por muitos anos, com expressiva atuação na defesa da preservação da Mata do Engenho Uchoa e dos direitos da comunidade do bairro do Barro, na Zona Oeste da cidade, entre outros, por meio do Conam. Faleceu no Recife, no dia 26 de outubro desse ano, aos 71 anos.
3° lugar
Domingos Sávio de França
Empreendedor Socioambiental - Fundador da Startup REECicle - Inovação e Inteligência em Reciclagem, Mantenedor do Centro de Recondicionamento de Computadores do Recife, Membro-fundador da Associação Brasileira de Reciclagem e Inovação - ABRIN, bacharel em administração de empresas, especialistas em gestão e controle ambiental, mestrado em tecnologia ambiental. Atuou em Governo do Estado do Ceará e em várias prefeituras como gestor e consultor de programas de inovação, educação tecnológica e meio ambiente.
 
 
AMIGOS E AMIGAS DO MEIO AMBIENTE

Além do Prêmio Vasconcelos Sobrinho, serão homenageados, na mesma cerimônia da premiação, os Amigos e Amigas do Meio Ambiente, que são pessoas que se destacaram por iniciativas, individuais ou coletiva, na defesa do meio ambiente.

Diferente do Prêmio, que é um processo seletivo, com trabalhos e currículos avaliados por uma comissão julgadora, o critério para ser homenageado com o Certificado Amigo /Amiga do Meio Ambiente passa pela indicação do corpo técnico e da diretoria da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco. É levado em consideração o compromisso com as atividades desenvolvidas na área ambiental.

Receberão o Certificado Amigo /Amiga do Meio Ambiente, nesta segunda-feira (16):
           
Tenente Coronel Bandeira
Representando o Grupamento Tático Aéreo (GTA) da SDS, pelas ações relacionadas ao petróleo nas praias de Pernambuco.

Sidney Marcelino Leite - Organização não governamental Salve Maracaípe
Pelas ações relacionadas ao petróleo nas praias de Pernambuco.

Diego Vitor Sial de Amorim
Integra a organização não governamental Trilogiabio e é parceiro da CPRH nas atividades relacionadas à fauna silvestre de  Pernambuco, principalmente no resgate de animais silvestres que são entregues à CPRH.

Célio do Nascimento  André
Natural de Itapissuma, participou ativamente do Curso de Formação de Agentes Populares em Educação Ambiental da Área de Proteção Ambiental (Apa) de Santa Cruz. Está presente em  diversas atividades da Apa de forma entusiasmada e voluntária, como nas rodas de Conversa com as Comunidades, nas atividades lúdicas em escolas e espaços públicos e em mutirões de Limpeza.

George Carlos
Desenvolveu pesquisas no Parque Estadual Mata da Pimenteira durante sua graduação e, desde então, é engajado nas atividades da unidade de conservação. É poeta e utiliza a arte para sensibilizar. Participou do projeto para formação de Agentes Populares em Educação Ambiental.

Anderson Caetano da Silva
Idealizador e monitor do projeto Trilha Ecoverdejante, que realiza trilhas ecológicas e ações socioambientais  na APA Aldeia-Beberibe desde 2014. As atividades recreativas  oferecem o prazer de caminhar, tomar banho de rio e sentir o contato com a natureza visando à conscientização ambiental, sempre tratando de assuntos como conservação dos rios, flora e fauna da APA Aldeia-Beberibe e incentivando o combate aos desmatamentos, lixões clandestinos e  degradação ambiental na Unidade de Conservação.

Araripe Serpa 
Um dos pioneiros em defesa do meio ambiente da Estação Ecológica de Caetés.  Como observador de aves, foi um dos que sensibilizou a população  para lutar contra o aterro sanitário em Paulista, que viria a destruir 157 há de Mata Atlântica. Graças a ele e a outras pessoas que a ele se uniram, a área é a atual Estação Ecológica de Caetés, primeira unidade de conservação do Estado.

Valmir Ramos da Silva
Agente Popular de Educação Ambiental da APA de Guadalupe com uma forte atuação na preservação dos recursos naturais: contribui com uma amplo trabalho educativo e de mobilização para  atividades educativas: como o Cine guadalupe, jogos ambientais e  exposição, além de que o mesmo é fundador do instituto Ecoeducar e do movimento Praia Limpa e  que consiste em um mutirão de limpeza nas praias inseridas na Unidade de Conservação.

Manoel Bernardino Berges.
Morador   de uma das comunidades do Refúgio de Vidas Silvestres do Sistemas Matas do Refúgio Gurjaú (RVS Gurjaú), é conselheiro do Comitê. Vice-presidente da Associação de Moradores e Agricultores de Porteira Preta, cujo lema é : unidos pela comunidade e pela natureza. Grande parceiro da CPRH, as reuniões dessa associação sempre aborda a temática da conservação do RVS Gurjaú, orientando os moradores locais a não caçarem, desmataram e nem utilizarem agrotóxicos. Auxilia a CPRH no trabalho de apoio à pesquisa científica, recepcionando os pesquisadores em sua casa, que por vezes funciona com base de apoio para o desenvolvimento de pesquisa em alguns fragmentos do RVS, além de apoiar os pesquisadores nas trilhas, junto com a CPRH, desenvolvendo voluntariamente o trabalho de instrutor de trilha.

Hélvio Polito
Professor, advogado, artista plástico e procurador Municipal da Prefeitura de Olinda, já atuou como Secretario Estadual e Executivo de Meio Ambiente do Estado de Pernambuco, como Diretor da CPRH e Chefe da Defesa Civil Municipal de Recife e Olinda.

Boa parte das legislações ambientais de nosso Estado tem a digital da inovação impressa por Hélvio Polito, como as políticas instituídas para o enfrentamento das mudanças climáticas, a de gerenciamento costeiro, combate à desertificação e de Resíduos Sólidos, entre outras. Hoje, apoiando o debate do PDUI- Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de Recife, tem sido um importante articulador em defesa das questões ambientais.

Cida Pedrosa
Advogada e poetisa, Cida Pedrosa esteve à frente da secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife entre 2013 e 2016. Período suficiente para que ela deixasse um legado para a gestão ambiental do Estado. Foram iniciativas de Cida Pedrosa a requalificação completa do Jardim Botânico, a elaboração do inovador projeto Parque Capibaribe, as obras do Jardim do Baobá e do Cais do Imperador, implantação do programa de educação ambiental Educar para uma cidade sustentável, inclusão de Recife como cidade Modelo do programa internacional Urban Leds.
 
Ricardo Leitão
Jornalista, atuou em importantes veículos de comunicação, como o Diário da Noite, revistas Manchete, Veja, Folha de São Paulo e Diário de Pernambuco, jornal do qual foi diretor de redação por duas vezes.
Assumiu a presidência da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe) em agosto de 2014, sendo reconduzido ao cargo nas duas gestões do governador Paulo Câmara (2014-2018 e 2019- 2022). Tem trabalhado a questão ambiental na produção da Cepe.

Destacou-se como um grande parceiro do Meio Ambiente neste ano ao promover a 5a. Edição daFeira Nordestina do Livro - Fenelivro com o tema: "Terra viva, compromisso de todos", chamando a atenção da sociedade para os desastres ambientais que ocorreram no país, além de capitanear uma importante  homenagem ao ambientalista e professor Vasconcelos Sobrinho na feira literária e de apoiar a agenda climática de Pernambuco.