A Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), em continuidade ao trabalho de fiscalização em áreas de desmatamento, realizou, na última segunda-feira (19), uma nova apreensão de madeira ilegal, no município de Cachoeirinha, localizado no Agreste Central do Estado. Foram apreendidas um total de 76 toras de madeira nativa, além de duas máquinas de serra de fita.

A primeira serraria já havia sido inspecionada e tinha apresentado irregularidades na última semana, tendo 56 toras sido apreendidas na ocasião. Desta vez a equipe do setor de Fiscalização Ambiental flagrou novas infrações, e apreendeu mais 57 toras de madeira nativa e uma máquina de serra de fita, além de aplicar uma multa de R$1 mil.

No mesmo dia, um segundo estabelecimento também foi fiscalizado e apresentou irregularidades. Foram 19 toras de madeira ilegal apreendidas, além de uma máquina de serra de fita. A multa aplicada foi de R$1 mil. Nas duas serrarias, a madeira encontrada era das espécies sucupira, braúna e jucá. As ações foram realizadas em parceria com a Depoma, Delegacia de Polícia do Meio Ambiente.

No mês de dezembro, a equipe da CPRH já contabilizou três serrarias autuadas apenas no município de Cachoeirinha. “Estamos encerrado o ano cumprindo todas as ações planejadas para 2011, que contabilizou os maiores ganhos históricos do combate ao desmatamento em Pernambuco. Em 2012 essas ações serão intensificadas, a par de ações de reflorestamento”, disse o diretor-presidente da CPRH, Hélio Gurgel.