Desde segunda (27) até a próxima quinta (30), a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) está capacitando em Gestão Ambiental ISO 14000 30 profissionais de empresas de diversas áreas e de entidades ligadas ao meio ambiente. O curso é gratuito e ocorre no auditório da Agência como parte integrante da programação do Mês do Meio Ambiente da instituição. A condução é do analista ambiental da CPRH e mestre em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasília, Luís Cometti.

 

De acordo com o diretor de Controle de Fontes Poluidoras da Agência, Waldecy Farias, responsável pela abertura do curso, a gestão ambiental não pode ser mais ser separada da gestão corporativa. “Atualmente uma empresa realmente séria não considera apenas a maximização de lucros e a minimização de custos, pois as questões ambientais são cada vez mais valorizadas e priorizadas. Até porque as empresas estão aprendendo que ser ambientalmente corretas também gera dividendos”, explicou Farias.

 

O principal objetivo do curso é capacitar os participantes a compreenderem a estrutura e os requisitos do Sistema de Gestão Ambiental, conforme a NBR ISO 14001. Tal norma orienta a identificação de aspectos e impactos ambientais e a elaboração de um programa para reduzir estes impactos. Ao mesmo tempo, também prevê o estabelecimento de metas ambientais a serem alcançadas e periodicamente auditadas.

 

Luís Cometti esclarece que após a implantação da norma ISO 14001 e sua devida auditoria, a empresa pode receber o certificado ISO 14001, o qual possui validade internacional. A certificação é sinônimo de tratamento ambiental sistemático, proteção dos empregados e comunidade ao redor e cumprimento da legislação ambiental.

A CPRH é a responsável por fiscalizar ambientalmente as empresas localizadas no estado de Pernambuco. Em todas as fiscalizações, são realizadas inspeções dos empreendimentos, verificando a regularidade dos sistemas de controle da poluição. Todas as observações ficam registradas em um Relatório de Vistoria.

 

O curso realizado integra o esforço da Agência Estadual de Meio Ambiente no sentido da capacitação técnica, não só do seu próprio pessoal, mas também extensivo aos operadores ambientais públicos e privados.

 

com informações da Assessoria.

 

Fonte: Blog A Voz da Vitória publicado em 28/06/2011